Religião, Aborto e uma Mula Recifense

03/11/2009 0 Por Fernando de Oliveira

A MulaReligião e aborto são dois temas explosivos e controversos, não há dúvida. Mas, que todos têm alguma opinião ou preferência (mesmo os ateus), creio que também não há o que discutir. Portanto, foi com alegria que descobri uma pesquisa sobre o tema (aborto), realizada pelo Ibope, a pedido da organização Católicas pelo Direito de Decidir (CDD).

Foram entrevistadas pessoas em 142 municípios e a conclusão foi de que 78% das pessoas abordadas declararam que a excomunhão de mulheres que recorrem ao aborto, não contribui para diminuir esta prática e que 86% dos católicos discordaram da esdrúxula excomunhão que o arcebispo de Recife (me recuso a colocar o nome desta mula neste espaço) concedeu a mãe e da equipe médica que realizou o aborto de uma menina de nove anos que, depois de estuprada pelo padrasto ficou grávida de gêmeos.

A pesquisa é extensa e merece uma leitura atenciosa.

O fato é velho, mas merece não ser esquecido. Afinal, só mesmo um animal para dizer que aborto é mais grave do que estupro. ARGH!

Depois perguntam porque a Igreja Católica anda perdendo fiéis.