Duas receitas de fígado

Ok. Fígado não é para qualquer um. Não é fácil de comprar (um bom), limpar e nem tem um visual dos mais bonitos. Mas é bom demais!

Aprendi que bom mesmo é comprar o fígado em um tripeiro (que ainda existem nas feiras livres da Zona Norte), que sempre tem paciência para limpá-lo com carinho, além de fugir das carnes menos frescas ou congeladas, que são facilmente encontráveis nos supermercados.

Abaixo, duas receitas que são demais. Uma delas, sucesso total nos pés-sujos da vida.

iscasdefigadoIscas de fígado aceboladas

Ingredientes

500 gr de fígado bovino em tiras
2 dentes de alho amassado
Sal a gosto
Pimenta-do-reino preta moída (de preferência na hora) a gosto
1/2 limão
2 colheres de sopa de azeite
1 cebola em rodelas
1 Pimentão em tirinhas

Acompanhamento

500 gr de batata
Sal a gosto
2 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de salsinha

iscasdefigado2Modo de preparo

Tempere o fígado com sal, pimenta, alho e limão. Deixe tomar gosto por meia-hora. Coloque em um refratário com o azeite, o pimentão e a cebola. Tampe e leve ao forno médio por cerca de 15 minutos ou fogo médio/alto por 10 minutos ou ainda no microondas por 10 a 12 minutos na potência média, mexendo algumas vezes durante o cozimento.

Acompanhamento

Coloque as batatas picadas em um refratário com ¼ xícara de água. Tampe e leve ao fogo por cerca de 10 minutos. Retire, tempere com sal e azeite. Coloque a volta do fígado e polvilhe com a salsinha.
Para quem quiser sofisticar um pouco…

Figado ao Vinho

Ingredientes

500 gr de fígado em tiras
1 cebola em rodelas
1 limão
1 dente de alho de alho amassado
Sal a gosto
1 copo de vinho tinto

Modo de preparo

Tempere o fígado com limão, alho e o sal a gosto. Frite no óleo bem quente; acrescente a cebola e deixe mais um pouco, adicione o vinho tinto e refogue em fogo baixo até ficar com um caldo grosso. Acompanhe com arroz branco e purê de batatas.

Cada receita dá para aproximadamente 4 porções.

Anúncios

8 comentários em “Duas receitas de fígado”

  1. Perfeito !

    Fígado é uma delicia.
    Pena que as pessoas julgam pelo aspécto.
    Assim como ocorre com a língua de boi e os miolos.

    Mal sabem o que perdem em sabor.

    Parabéns pela receita, vou fazer !

    Jorge Luiz Inácio

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.