Arquivo da tag: Dicas de viagem I

Dicas de viagem I – Programação

O F(r)ases da Vida não é um blog especializado em viagens, mas tem expertise suficiente para dar algumas dicas sobre lugares, maneiras de reservar hotéis e atrações de maneira econômica e novidades do setor, além de sugestões e como programar a sua viagem de maneira eficiente. Uma vez por semana vamos publicar um post que (espero) vai ajudar na hora de decidir o que fazer.

Vamos ao primeiro post.

Os viajantes brasileiros vêm sendo assolados por mais e mais propagandas de sites de viagem, reserva de hotéis, etc. Mas a verdade é que nada vai ajudar a sua viagem se você não planejar o que quer fazer. Nada mais frustrante que fechar as datas de uma viagem e descobrir que aquele show que você queria ver acontece um dia antes da sua chegada ou um dia depois da sua partida. O mesmo raciocínio serve para um museu fechado ou um evento que interdite atrações ou torne o trânsito da cidade um inferno, entulhando de gente os transportes públicos e tornando praticamente inviável qualquer atividade turística. Portanto, a primeira coisa que é preciso fazer é decidir o que é prioridade na sua viagem.

Há várias razões para viajar. Pode ser para conhecer um país ou determinada cidade ou para participar de um evento (esportivo, musical ou de qualquer outra finalidade) ou até mesmo sem nenhum motivo específico, além do simples prazer de viajar. Seja lá qual for a razão, nada é justificativa para não aproveitar o máximo que o seu destino tem a oferecer por falta de planejamento. Claro que sempre haverá quem reclame de que a vida não é um roteiro de cinema, mas mesmo que você seja um mochileiro ou uma pessoa que já passou dessa fase, mas que quer acreditar que ainda está na casa dos 20, não há como fugir da obrigatoriedade de fazer um roteiro, mesmo que ele seja como de alguns filmes brasileiros, que começam querendo ser um documentário e terminam como uma obra surreal sobre a vida de alguém.

Então vamos lá. A primeira coisa é decidir qual a principal motivação da viagem. Se, por exemplo, a ideia é ir para um destino de praia e descansar vendo corpos bronzeados e experimentando drinks exóticos, a coisa pode ser razoavelmente simples, mas se você vai para um lugar onde as atrações são muitas e variadas (sítios arqueológicos, museus, shows, restaurantes, etc) volto ao ponto do primeiro parágrafo: é preciso pesquisar sobre o destino.

É imperativo saber o que e quando as coisas/lugares de interesse abrem e fecham e se há alguma atração de seu interesse acontecendo perto das datas nas quais você pretende viajar. Para isso, os blogs e sites especializados em viagem podem ajudar, mas não há porquê colocar para escanteio a ajuda de um bom agente de viagens. Claro que as redes sociais também podem ajudar, mas sugiro muita cautela com fontes de informações pouco confiáveis.

Amigos são sempre uma ótima escolha

As informações podem ser coletadas nos sites oficiais das autoridades de turismo do país ou cidade (algo como o nosso ministério ou secretarias de turismo), nos já citados blogs especializados em turismo (semana que vem indico alguns) ou nos sites das trações que se quer visitar, mas o melhor mesmo é seguir as indicações de amigos.

Caso tenha alguém (de confiança) que já tenha ido para o destino desejado, procure, pergunte, pegue todas a dicas possíveis. Nada como um turista para dar informações que muitas vezes não estão nos roteiros oficiais e que podem economizar muito tempo e dinheiro, além de permitir fugir de furadas e armadilhas para os mais desavisados.

Na próxima semana falo mais sobre como se programar e indico alguns sites para quem já escolheu o seu destino.

Leia outros posts sobre viagem e turismo

Anúncios