Vinhos argentinos contaminados. CUIDADO!

10/03/2010 0 Por Fernando de Oliveira

A maré não anda mesmo boa para os produtores de vinho. Além do terremoto no Chile, que deve causar estragos na produção de diversas vinícolas, também foi anunciado que alguns vinhos argentinos, alguns deles bastantes conhecidos dos consumidores brasileiros, estão contaminados e barrados em vários países da Europa, como a Alemanha.

A contaminação é pelo fungicida natamicina e atingiu até mesmo alguns dos vinhos orgânicos produzidos no país. E não pense que apenas pequenos produtores foram afetados, alguns vinhos de grandes vinícolas, como a Família Zuccardi, estão na lista do aringidos.

Coloco a lista dos vinhos abaixo e recomendo que experimentem o produto nacional, pelo menos para aqueles momentos sem compromisso.

Santa Julia, 2008, Mendoza, Cabernet Sauvignon, número de lote L09-184-09
Fuzion 2008, Mendoza, Tempranillo, Malbec, número de lote L09-198-21
Santa Andrea, 2008, Mendoza, Malbec, Cabernet Sauvignon, número de lote L-56659
Villa Paola, 2008, San Rafael, número de lote 01/2009.
Villa Atuel, 2008 San Rafael, Syrah, Merlot, número de lote L-WT1377
Légende de Polo, 2007, Mendoza, Malbec, número de lote L 76605
Terra Nova, 2008, Mendoza, Malbec, número de lote L: 90.0789
Maranon, 2009, Malbec, Mendoza, número de lote L9289-0D72
Cruz, d’Indio, 2007, Belle Malbec Añelo, Neuquen – Patagônia, Lote número L-9168
Cruz, d’Indio, 2007 Malbec Añelo Neuquen – Patagônia, lote número L-9139