Lembranças de um anjo imperfeito

27/08/2009 1 Por Fernando de Oliveira

carey1Nunca entendi o fascínio musical por Mariah Carey. Nunca descobri se ela gostaria de ser negra ou loira, musa vadia ou pudica. Todos aqueles malabarismos musicais e vibratos sempre me incomodaram. Mas, como George Harrison disse certa vez sobre as Spicy Girls, esse tipo de artista permite que fiquemos com o volume do televisor desligado.

A música pode ser irrelevante, mas o visual não é. By the way, Mariah está lançando um novo disco, chamado Memoris of an Imperfect Angel.