Voos saindo do Brasil poderão entrar nos EUA a partir de segunda (14)

Voos saindo do Brasil poderão entrar nos EUA a partir de segunda (14)

12/09/2020 1 Por Fernando de Oliveira

Estados Unidos suspendem restrição de voos saídos do Brasil, China, Reino Unido e outros países

EUA permite voos do Brasil

Parece que a entrada de brasileiros (e outros estrangeiros) nos Estados Unidos pode estar ficando menos difícil. O governo Trump anunciou hoje (12 de setembro) que vai suspender as restrições de voos vindos do Brasil, China (excluindo as regiões administrativas de Hong Kong e Macau), Irã, região Schengen da Europa, Reino Unido (excluindo territórios estrangeiros fora da Europa) e Irlanda do Norte.

Vale lembrar que a região Schengen da Europa é composta por Alemanha, Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Estônia, Grécia, Espanha, França, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Liechtenstein, Hungria, Malta, Países Baixos, Polônia, Portugal, Eslovênia, Eslováquia, Finlândia, Islândia, Noruega, Suécia e Suíça.


Quarentena ainda é possível

Segundo o Departamento de Segurança Interna (DHS), a suspensão das restrições acontecem porque hoje há um melhor entendimento sobre as formas de transmissão do vírus.

Entretanto, ainda há dúvidas sobre o que será pedido para permitir a entrada dos brasileiros em território norte-americano. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA fez algumas recomendações, mas não está claro quais serão implementadas.


Seguros Promo

É possível que sejam pedidas informações sobre a saúde dos passageiros, que seja feita a medição de temperatura, que seja exigida a apresentação de algum teste (ou realização de um) e, claro, sempre existe a possibilidade de ser exigida uma quarentena de 14 dias.

Como tudo no governo Trump, nada é muito claro. Será preciso ficar ligado nas próximas informações, mas a retirada das restrições já é um bom começo.