Os brasileiros estão impedidos de entrar na UE, mas há exceções

Os brasileiros estão impedidos de entrar na UE, mas há exceções

10/07/2020 0 Por Fernando de Oliveira

A abertura das fronteiras dos países da Europa traz uma série de desafios para os viajantes brasileiros, mas nem todos estão barrados

BannerROTEIROS-5-blogdoferoli

Aproveite esta e muitas outras dicas de viagem com os nossos roteiros personalizados. Entre em contato e encomende o seu — basta clicar no banner!

As constantes notícias de mais e mais países proibindo a entrada de brasileiros ou de pessoas vindas do Brasil em seus territórios chegam todos os dias, principalmente vindas da Europa.

Porém, essas proibições não afetam a todos. Sempre há exceções. Algumas delas englobam, por exemplo, quem tem família em algum dos países europeus. Você sabe se encaixa em alguma dessas exceções?

Quando alguém pode entrar em países com restrições aos brasileiros

Desde 1 de julho os cidadãos de países como o Brasil e os Estados Unidos (onde a pandemia parece descontrolada) estão sofrendo para conseguir viajar para o exterior. Essas restrições podem ser removidas a qualquer momento, mas enquanto não são…

O primeiro caso é o de cidadãos europeus. Nascidos (ou que tenham cidadania) de países como Suíça, Noruega e Islândia, podem entrar na Europa, mesmo que não morem mais nesses países.

Além desses, todos os nascidos (ou naturalizados) e que residam na Europa têm a sua entrada permitida. Essa “permissão” também é estendida aos membros da sua família (mulher, marido e filhos menores de 21 anos). Dependentes também entram nessa categoria, mas irmãos, por exemplo, não.

Um detalhe: esses familiares terão, obrigatoriamente, de cumprir uma quarentena de 14 dias antes de poderem perambular pelo território europeu.

Claro que tudo isso ainda fica mais difícil com o pequeno número de voos disponíveis e algumas regras específicas de cada país.

Brasileiros barrados na Europa

E os passageiros em trânsito?

Embora tenhamos relatos de pessoas passando pelo mesmo problema de Viktor Navorski — (papel vivido por Tom Hanks no filme “O Terminal”), quando ele fica preso dentro de um aeroporto por conta da proibição de voltar para o seu país — isso não deve acontecer com frequência em 2020.

Na teoria, todos os viajantes “em trânsito” podem “burlar” estas restrições se tiverem voos fazendo conexão na Europa, mas indo para outro destino.

Garanta as passagens e partiu viajar depois que tudo isso passar !

Os viajantes com vistos de estudante também não devem encontrar muitos problemas. Mas, infelizmente, nada é 100% garantido.

Existe uma categoria meio obscura para a qual a União Europeia também promete permitir o acesso ao seu território. Essa é a dos que tem alguma “razão de família imperativa”. O problema é que não foram dadas informações sobre quais razões seriam essas.

Por fim, os trabalhadores da área de saúde, pesquisadores, diplomatas e pessoas que foram convidadas pelos governos locais, também podem conseguir um “passe livre”.

Brasileiros barrados na Europa

O vírus que mudou o mundo ainda causa muitos transtornos em todo o planeta

Tudo pode mudar

Estas regras estão valendo por enquanto, mas podem mudar a qualquer momento, dependendo de como será o andamento do combate ao novo coronavírus em cada país.

No caso do Brasil, as chances de termos essas barreiras levantadas parecem bem pequenas.