Dica de Viagem VIII: comer e beber bem em Veneza

A Itália é uma perdição para quem gosta de comer. Veneza, que esteve nos noticiários por conta de uma série de restrições aos turistas, não foge a regra

Polenta, Bellini, bacalhau e frutos do mar. Veneza pode ser famosa por seus canais e sua estrutura típica, mas a gastronomia fala alto por lá, assim como em toda a Itália.

Se a constante ameaça de desaparecimento e as recentes restrições as ações e hábitos dos turistas não são notícias simpáticas para os visitantes, isso não diminui o fascínio da cidade e os seus encantos.

Tomar um café ou um drink gelado nas cadeiras do Caffè Florian, no coração da Piazza San Marco — o mais antigo do lugar, fundado em 1720 — pode ser quase uma obrigação para os turistas, mas, o que mais há para degustar em Veneza?

Bellini

O que não faltam são opções. As lógicas — massas e frutos do mar — podem ser encontradas em praticamente qualquer restaurante da cidade, mas há mais segredos. O primeiro deles é o Bellini.

O Bellini — drink feito com Prosecco e purê de pêssegos brancos — foi criado no Harry´s Bar, no início dos anos 30. O bar, que funciona até hoje no mesmo endereço (Calle Vallaresso 1323), não muito longe da Piazza San Marco, é uma parada obrigatória para qualquer turista de carteirinha.

Há quem diga que o lugar não merece a fama, mas a história contradiz esses hereges. A atmosfera e o prazer de experimentar o verdadeiro drink valem qualquer preço (que nem é tão caro).



Entrada e prato principal

Petiscar é sempre bom e Veneza nos oferece o carpaccio. Sabe onde foi criado? No mesmo Harry´s Bar responsável pelo Bellini. Até não acho que os dois — Bellini e carpaccio — combinam, mas você pode ir lá em momentos diferentes para experimentar os dois.

Porém, se quiser provar uma entrada matadora e menos habitual, procure pelo Bacalà Mantecato, um purê feito de bacalhau seco hidratado, cortado em tiras e misturado com alho e azeite.

A maioria dos lugares servem o prato acompanhado por polenta grelhada, embora vá muito bem (ou até melhor) com pão.

Impossível indicar apenas um lugar para experimentar o Bacalà Mantecato. A dica aqui é andar pela cidade, olhar os cardápios e entrar onde você achar mais simpático.

Mesmo os restaurantes/osterias menos nobres fazem bem essa entrada.

Como outra opção de entrada ou prato principal é praticamente inevitável sugerir algo que não tenha polenta — faça um esforço e experimente, mesmo que não goste muito. Portanto, indico o polenta e schie, que nada mais é do que polenta com camarão.

Pode parecer simples (e é), mas em Veneza os camarões são especiais, pequenos e saborosos. São pescados na laguna da cidade.

Para um prato principal mais tradicional, peça alguma massa com frutos do mar. Onde? Procure um lugar que esteja cheio de pessoas que não pareçam turistas. Como sugestão deixo o Taverna al Remer.

Airfarewatchdog

Sobremesa

Para a sobremesa: tiramisú. Simples, direto e delicioso.

Há vários segredos na cidade, mas ainda preciso ir lá conferi-los. Ficam as dicas que sei que são boas.

Outras dicas de viagem

Dicas de Viagem Parte I – Programação

Dicas de Viagem Parte II – Orçamento

Dicas de Viagem Parte III – Transportes

Dicas de Viagem IV(a): Cuidados para não ser barrado em um país estrangeiro (vistos)

Dicas de Viagem IV(b): Cuidados para não ser barrado em um país estrangeiro (seguro de viagem)

Dicas de Viagem IV(c): Minivisto para a Europa

Dicas de Viagem V: Tipos de tomadas pelo mundo

Dicas de Viagem VI: Não se aperte com comida

Dicas de Viagem VII:  Vinho quente nos jardins de Paris

Leia outros posts sobre viagens

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.