‘A visão de Bono está se deteriorando’, afirma Julian Lennon

Bono cegoJulian Lennon, filho de John Lennon, revelou que a visão de Bono, líder da banda U2, está se deteriorando, informa a “NME”. Aos 52 anos, o artista irlandês possui uma doença ocular relacionada a fotofobia.

“Bono tem um problema nos olhos. Eu não sei exatamente o que é, mas o brilho do sol os afeta e está deteriorando sua visão”, afirmou Julian numa entrevista ao jornal “Irish Daily Star”.

O vocalista do U2 já admitiu no passado que seus óculos, que viraram uma marca-registrada, são usados para tratar uma doença que o faz ter uma hipersensibilidade à luz. Mas parece que agora a situação está se agravando.

Enquanto luta contra o problema com a saúde, Bono continua sua porção ativista. No final do ano passado, ele pediu a parlamentares democratas e republicanos, durante visita a Washington nesta semana, para pouparem os programas de assistência dos EUA em países pobres dos cortes orçamentários.

Fonte: O Globo

Anúncios

Ivan Lins – Teatro Rival – 4/1/2013

Ivan Lins rege o público em ode ao amor

Ivan Lins 2013 IVO subtítulo acima seria a expressão mais correta de uma noite que marcou o início da temporada musical em  2013 (pelo menos para mim). Com uma temperatura bem mais agradável que o calor que fazia nos últimos  dias, o entorno do Teatro Rival (na Rua Álvaro Alvim) parecia mesmo mais alegre, mais apaixonado. Não sei  se a inauguração da gigante (e linda) Livraria Cultura, bem pertinho dali, ou se o início de um novo ano  deixaram a atmosfera mais leve, mesmo com os mesmos bares e frequentadores de sempre.

Logo ao chegar ao Rival, uma boa notícia: lotação esgotada! Bom saber que um artista da estatura de Ivan  Lins, mesmo sem ter um sucesso faz algum tempo, ainda consegue lotar casas em um local como o Centro.  O show que ele iria apresentar tinha como base seu último disco (Amorágio), lançando em 2012 e que traz  algumas de suas melhores composições em anos.

Ivan Lins 2013 IDentro do teatro, o público (na sua maioria já depois dos 40), se dividia entre casais apaixonados, grupos de  amigos e até mesmo aqueles que faziam de tudo para parecer mais jovens, com camisas de marinheiros,  óculos escuros ou vestidos que ficariam bem melhores se os modelos tivessem algumas décadas a menos.

Bem, mas e o show? Já estamos no quarto parágrafo e nada do show?

Uma apresentação de Ivan Lins é sempre garantia de boa música, harmonias bem cuidadas e arranjos que  revigoram velhas canções, embora em algumas delas fique a sensação de que as novas roupagens sejam mais  prazerosas para o intérprete do que para o público. Já as canções do novo disco ganharam mais
personalidade, peso e muito mais nuances, com a adição – principalmente – da viola de Neimar Dias. Aliás, a  viola fez toda a diferença em relação aos últimos espetáculos de Ivan. Nota 10!

Ivan Lins 2013 IIILogo no início da apresentação veio a segunda boa notícia. Os dois dias (4 e 5) tiveram lotação esgotada e  duas novas datas foram fechadas para janeiro, dando chance para quem não viu (e para quem quer repetir a dose).

O show é um mix de canções conhecidas e de novos títulos. Mesmo com a temática do amor, Ivan não deixou de falar de política, da tragédia das chuvas em Xerém e do exemplo do companheiro Zeca Pagodinho. É bonito poder cantar uma parte do Hino à Bandeira – o mais bonito de todos – ou acompanhar o medley Desesperar Jamais/Deixa Isso Pra Lá. Da nova safra, Amorágio, Quero Falar de Amor, a sertaneja Olhos pra te ver e Carrossel de bate-coxa (parceria com o filho Gustavo), foram as que mais ganharam com o registro ao vivo e com a participação do público que, regido por Ivan, fez uma ode ao amor em pleno centro do Rio, em uma noite de sexta-feira.

Fotos e vídeo: Jo Nunes