Para aqueles que acreditam, nenhuma prova é necessária. Para aqueles que não acreditam, nenhuma prova é possível – Stuart Chase

10/07/2012 0 Por Fernando de Oliveira

Acreditar, ter fé em algo, faz parte da natureza humana. Milagres e verdades históricas não existiriam sem essa tendência de se crer em algo. A vida não seria a mesma se não tivéssemos nossas esperanças, nossos sonhos.

Você não precisa ser tão fervoroso quanto um Mulder, nem tão lógica quanto Scully ou Spock. O que é preciso é ter a noção do que é verdade e o que é a nossa vontade.

Paul McCartney escreveu certa vez: “Você acredita em amor a primeira vista?” A resposta foi: “Sim, tenho certeza de que isso acontece o tempo todo“. É esse tipo de crença que move nossas vidas, que incentiva nossa criatividade e nos deixa o tempo todo na corda bamba entre o medo e o prazer.

Would you believe in a love at first sight?
Yes I’m certain that it happens all the time

Provar a sua lealdade, competência ou o seu amor nunca é tarefa simples. Em todos os casos depende da pessoa que vai receber a prova, razão da frase de Chase que dá título a esse texto. Na verdade, provar não é necessário. Necessário é manter a coerência, a sinceridade, a verdade viva. Afinal: Para aqueles que acreditam, nenhuma prova é necessária. Para aqueles que não acreditam, nenhuma prova é possível.

“For those who believe, no proof is necessary. For those who don’t believe, no proof is possible.
Stuart Chase

Partes desse texto foram escritas no fim da década de 90.