Jornal do Brasil pode voltar a circular

O Jornal do Brasil, que deixou de ter versão impressa em agosto de 2010, poderá voltar a ser distribuído semanalmente. Segundo o site O Repórter, o diretor de tecnologia da publicação, Humberto Tanure, informou que a volta às bancas deve acontecer em março.

Tanure afirma que o projeto digital deve continuar, e a versão impressa irá circular apenas às sextas-feiras. A decisão foi tomada após a recontratação de Pedro Grossi, que deixou o Jornal do Brasil por discordar do fim da edição impressa do veículo.

Possibilidade

Apesar do interesse, a volta do JB impresso é apenas uma possibilidade, explica, ao Comunique-se, o diretor de assuntos institucionais, Reinaldo Paes Baerrto. “É um projeto, que dependerá de dinheiro, de vários fatores. Não tem nada certo. Tudo dependerá de pesquisa e recursos”.

Mudança de planos

Quando decidiu migrar 100% do impresso para o online, o JB foi alvo de muitos protestos, mas, mesmo apresentando problemas financeiros e dívidas trabalhistas, alegou que a decisão era ecologicamente correta e sustentável.

Fonte: Comunique-se

Anúncios

Pagamentos eletrônicos têm projeção de crescimento de 40% em 2011

A efetivação de transações bancárias através de meios eletrônicos de pagamento, como Internet Banking e Mobile, tem perspectiva de crescimento, em 2011, de 40% na classe de baixa renda. Já no varejo, a estimativa é de que esse índice alcance 30%, com base no uso de cartões pelos consumidores. Mas, mesmo com a evolução deste segmento, o uso do papel moeda continua em alta: 55% dos salários são recebidos em dinheiro pelos trabalhadores e 72% das transações são realizadas em espécie, de acordo com o Banco Central.

Análise realizada pelo Instituto de Pesquisa Fractal revela que, inicialmente, a expansão dos meios de pagamento ocorreu por meio das máquinas de auto-atendimento, localizadas dentro das agências bancárias, em seguida, nas frontais, e, por fim, nos estabelecimentos comerciais. “Houve um aprendizado relevante pelo consumidor para a estruturação dos novos hábitos de uso de bancos, acompanhado pela formação da então nova cultura para a aceitação dos meios eletrônicos”, afirma Celso Grisi, diretor presidente do Instituto de Pesquisa Fractal.

Estes fatores citados acima abriram as portas para a criação do “remote banking”, hoje, chamado de internet banking. “São esses novos meios de proceder à distribuição e à entrega de serviços bancários que explicam a queda do uso dos cheques, mas têm pouco a ver com o fenômeno da bancarização”, ressalta o economista. A bancarização, de forma massiva, é mais recente.

Outra modalidade utilizada para pagamentos são os correspondentes bancários, entendidos inicialmente como casas lotéricas, que, com o tempo, se transformaram em prestadores de serviços bancários, e também estão em constante evolução. “O objetivo deste serviço é melhorar o atendimento a esse segmento, reduzindo o tempo de fila e descongestionando as agências em dias de pagamentos e benefícios previdenciários. Iniciativas de mesma natureza e propósitos foram tomadas com os postos de atendimento bancário e eletrônico”, enfatiza Grisi.

Para finalizar, o uso de cartões foi intensificado pelos correspondentes, desta forma, o pagamento em dinheiro passa a cair na classe de baixa renda. As pessoas de renda intermediária e alta utilizam os demais meios de pagamentos de maneira intensa e crescente ao longo do tempo.


Fonte: Agência IN

Os assuntos do ano nas redes sociais

Fim de ano é a época oficial das listas. Tradicionalmente, os veículos fazem um resumo dos principais acontecimentos do ano, resgatando os fatos que mais marcaram o período. Nesse retrospecto, entretanto, não é possível desconsiderar o ambiente mais livre (e propício) para a repercussão dos acontecimentos e pela troca de comentários acerca de tudo o que aconteceu no ano: as redes sociais.

Por conta disso, o Facebook e o Twitter divulgaram, em seus respectivos blogs oficiais, o ranking com os termos e palavras mais postadas pelos seus usuários em 2011. No caso da rede social de Mark Zuckerberg, foi elaborado um ranking global com os termos mais postados pelos 800 milhões de cadastrados no Facebook em todo o mundo. Vale considerar que essa lista é quantitativa, não contextualizando a situação – positiva ou negativa – do uso do termo.

No ranking global do Facebook, o assunto campeão de comentários foi a morte do líder da Al Qaeda, Osama Bin Laden. A morte do homem mais procurado do mundo ganhou a atenção de todos os usuários do Facebook, gerando uma onda impressionante de comentários. Em segundo lugar apareceu o termo Packers, referência ao time Green Bay Packers, vencedor da edição de 2011 do Super Bowl, nos Estados Unidos, ao derrotar o Pittsburgh Steelers. A força dos Estados Unidos na rede social também se reflete na terceira posição da lista. O nome de Casey Anthony, julgada e, posteriormente, absolvida da acusação de ter assassinado a própria filha, na Florida, alcançou o terceiro lugar entre os termos mais postados. Veja a lista global do Facebook:

1- Osama Bin Laden
2- Packers vence Super Bowl
3- Casey Anthony é absolvida
4- Charlie Sheen
5- Morte de Steve Jobs
6- Casamento Real
7- Morte de Amy Winehouse
8- Call of Duty
9- Operações militares na Líbia
10- Furacão Irene

Brasil

No Brasil, o esporte roubou a cena (e o assunto) entre os usuários do Facebook. O termos UFC, campeonato de MMA que se popularizou espantosamente no País este ano, foi o campeão de postagens entre os brasileiros participantes da rede. Em segundo lugar ficou o Vasco da Gama, que, em 2011, conquistou o título de campeão da Copa do Brasil e foi vice-campeão brasileiro. Por falar em futebol, o Corinthians, que sagrou-se campeão brasileiro de 2011, apareceu na sétima posição da lista.

Na terceira posição figurou a morte da cantora Amy Winehouse, seguida da morte de Bin Laden. Veja a lista dos dez termos campeões no Brasil:

1- UFC
2- Vasco da Gama
3- Morte de Amy Winehouse
4- Morte de Osama Bin Laden
5- Flamengo
6- Exaltasamba
7- Corinthians
8- Slipknot
9- PlayStation 3
10- Ronaldinho Gaúcho

Twitter

O Twitter relacionou os termos mais postados por 14 categorias. Televisão (Pretty Little Liars); Futebol (Wayne Roonie); Filmes (Thor); Futebol Americano (Dallas); Musica (Rebecca Black e Friday); NBA (Rashard Lewis); Assuntos mundiais (renúncia de Osni Mubarack, líder do Egito); Atriz (Elizabeth Taylor); Ator (Charlie Sheen); Baseball (Texas Ranger); Comida e Bebida (McLobster); Tecnologia (Mac App Store); Cidades e Países (Cairo) e Hashtag (#egypt).


Fonte: Meio & Mensagem

Fox Sports vai dividir com a ESPN a transmissão do campeonato inglês

Emissora de TV por assinatura que será exibida no Brasil a partir de fevereiro do ano que vem, a Fox Sports já está provocando a reformulação da grade de dois de seus concorrentes diretos no País. No mês passado, foi divulgado que o canal tirou do Sportv a exibição da Libertadores da América, e, agora, há a informação de que a ESPN irá dividir os direitos de transmissão do campeonato inglês (a partir da temporada 2012-2013) com o novo canal esportivo.

No Brasil, a ESPN teve por anos a exclusividade da exibição da Premier League, como a competição inglesa também é chamada. Porém, a emissora tem repassado a transmissão das últimas edições do torneio para outros canais, como a Rede TV e o Esporte Interativo. No último fim de semana, por exemplo, o veículo de Amilcare Dallevo exibiu ao vivo o jogo do Chelsea contra o Wigan. De acordo com um dos produtores dos canais ESPN, os direitos adquiridos pela Fox não alteram o planejamento do ano que vem.

A transmissão de um campeonato em conjunto pela nova emissora não vai se repetir em relação à Taça Libertadores da América de 2012. O torneio passa a ser exclusivo da Fox Sports em toda a grade de TV por assinatura do País, a não ser que a direção do canal decida “revender” os direitos para outros veículos. Na TV aberta, a principal competição sulamericana de futebol continuará a pertencer à TV Globo.

Com o Campeonato Inglês e a Libertadores para serem exibidas durante o ano que vem, a Fox está a procura de narradores e outros cronistas esportivos para montar sua equipe esportiva, informa o Cheni no Campo, blog editado pelo jornalista Anderson Cheni. Segundo a página online, a emissora tentou contratar o locutor André Henning, que anunciou na semana passada a renovação por cinco anos com o Esporte Interativo.

Ex-Record à frente no novo canal

Sem divulgar os jornalistas que estão em negociação com o canal e quais os profissionais que já assinaram contrato, um nome é certo na equipe da Fox Sports brasileira. Trata-se do ex-chefe de reportagem da TV Record e ex-diretor de esportes do portal Terra, Márcio Moron (foto), que atualmente dedica-se à agência Lix Comunicação. Na nova emissora, ele será o diretor de produção.

Fonte: Comunique-se

Facebook terá anúncios no Feed de Notícias

Chamado de Sponsored Stories, produto comercial será disponibilizado no início de 2012

O Facebook anunciou nesta terça-feira, 20, que disponibilizará, a partir do início de 2012, um novo produto para anunciantes. Chamado de Sponsored Stories, é uma postagem patrocinada que aparecerá no Feed de Notícias.

Segundo a empresa, a previsão é mostrar somente uma história patrocinada por dia no Feed de cada usuário da rede. A história, diz a companhia, também será claramente classificada como conteúdo patrocinado.

Em nota, o Facebook informou que Sponsored Stories são conteúdos que as pessoas já veem no seu Feed de Notícias, mas que são decorrentes de anúncios pagos.

Com esse formato, o Facebook torna os posts mais visíveis para pessoas, empresas e organizações.

A assessoria de imprensa do Facebook no Brasil não confirmou possíveis empresas que já estejam em negociação para disponibilização dos anúncios para os usuários brasileiros.

Fonte: Proxxima

Paul McCartney anuncia novo CD para fevereiro

Paul McCartney anunciou nesta segunda (19/12/2011) que seu novo CD (ainda sem título oficial mas que deve se chamar My Valentine, chega as lojas no dia 7 de fevereiro de 2012. O disco terá apenas duas composições próprias e será, na sua maioria, uma homenagem as canções que inspiraram as canções. Outra novidade é que, pela primeira vez, Paul não tocará nenhum instrumento. Vai apenas cantar!

O novo trabalho terá produção de Tommy LiPuma. Diana Krall e sua banda ficam responsáveis pela instrumentação, juntamente com os convidados Eric Clapton e Stevie Wonder.

A provável faixa-título foi liberada para os assinantes premium do site de Macca. Uma balada tradicional, com arranjo de piano e cordas e solo de violão de Eric Clapton.

Aguardem mais novidades em breve!

Uísque Johnnie Walker tenta derrubar cachaça João Andante ou ‘É desse jeito que os grandes ficam maiores’

Essa notícia, tirada da Folha Online, é uma prova de que o apetite das grandes empresas é infinito e que é assim que os grandes ficam maiores.

A holding inglesa Diageo, detentora da marca do uísque Johnnie Walker, abriu processo administrativo no Inpi (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) contra a cachaça João Andante. A Diageo acusa a empresa mineira de ser “imitação” de sua marca –segundo ela, avaliada em US$ 3,5 bilhões.

Mas o processo gerou publicidade para a cachaça e fez suas vendas dispararem. Nas últimas duas semanas, os pedidos feitos via e-mail já chegam a mil garrafas. Até então, as vendas eram de apenas 200 garrafas por mês.

“Os pedidos estão aumentando muito e nós sempre trabalhamos com margem e volume pequenos”, disse Gabriel Lana, 25, um dos donos.

A João Andante foi organizada em 2008 por quatro jovens que viam a atividade mais como um hobby do que propriamente um negócio empresarial. Cada um deles segue com sua profissão.

O desenho das duas marcas é representado pela figura de um andarilho, embora de classes sociais distintas: enquanto um é lorde, o outro é um jeca, ou capiau, conforme o regionalismo mineiro.

“Apesar de ambos os personagens mostrarem algumas distinções, o uso da expressão ‘João Andante’, que é a tradução literal de ‘Johnnie Walker’, evidencia a intenção de criar uma ‘versão local’ da marca”, argumenta a holding inglesa por meio do escritório de advocacia Dannemann Siemsen.

Os mineiros negam que o uísque tenha sido a inspiração e sustentam que o Walker da marca inglesa nada tem a ver com andar ou caminhar –é um sobrenome.

Afirmam que a ideia é a de um caixeiro-viajante, que é um andarilho, segundo o escritório de advocacia Hidelbrando Pontes e Associados.

Fonte: Folha Online

Facebook: o campeão de buscas do Google

No Brasil, rede social foi o termo mais procurado pelos internautas; entre as personalidades, Paula Fernandes foi a campeã das buscas

A lista anual dos termos mais buscados do Google comprovam algo que os internautas e especialistas em mídias digitais já haviam descoberto: 2011 foi, de fato, o ano do Facebook no Brasil. Além de ultrapassar a marca dos 30 milhões de usuários em território nacional, a rede social de Mark Zuckerberg conseguiu mais um feito entre os brasileiros: Facebook foi o termo mais buscado no Google no ano.

O ranking, que mapeia as palavras mais procuradas pelos internautas de diversos países, aponta o interesse dos brasileiros em obter mais informações sobre a rede social mais populosa do planeta. Do restante da lista do Google, quatro itens referem-se a conteúdo televisivo: BBB 11 ficou em segundo lugar. As novelas Rebelde, Insensato Coração e Cordel Encantado ficaram, respectivamente, na quarta, quinta e décima posição.

Já na lista das personalidades mais buscadas na rede, a cantora sertaneja Paula Fernandes ficou em primeiro lugar. Outros sertanejos, como Gustavo Lima e Michel Teló, também figuram no ranking, bem como as celebridades internacionais Katy Perry, Charlie Sheen e Scarlet Johansson.

Veja as listas completas dos termos e personalidades mais buscados no Brasil:

Brasil – Google

1- Facebook
2- BBB 11
3- DdTank
4- Rebelde
5- Insensato Coração
6- Concursos 2011
7- Tumblr
8- Brasileirão 2011
9- Enem 2011
10- Cordel Encantado

Brasil – Personalidades mais buscadas

1- Paula Fernandes
2- Bruno Mars
3- Gustavo Lima
4- Bruna Surfistinha
5- Katy Perry
6- Charlie Sheen
7- Scarlet Johansson
8- Avril Lavigne
9- Luan Santana
10- Michel Teló

Ranking global

Já na lista dos termos mais buscados em todo o mundo, a internet, a tecnologia e os meios digitais dominaram a atenção dos usuários do Google. A aspirante a cantora Rebecca Black, que ganhou fama graças a um vídeo postado no YouTube, ficou na primeira posição. A rede social Google + (do próprio Google), o novo iPhone 5, o fundador da Apple Steve Jobs e o iPad 2 também figuram na lista. Veja os dez termos mais buscados no mundo:

1- Rebecca Black
2- Google +
3- Ryan Dunn
4- Casey Anthony
5- Battlefield 3
6- iPhone 5
7- Adele
8-東京 電力 (TEPCO – Usina I de Fukushima)
9- Steve Jobs
10- iPad 2

Fonte: Meio & Mensagem

Eu já sabia! – Chrome é o navegador mais seguro, diz estudo

Companhia de segurança Accuvant apontou navegador do Google como o mais seguro entre browsers mais populares

O software Chrome foi eleito o mais seguro entre os três browsers mais populares. “Chrome e Internet Explorer implantaram sistemas que coíbem explorações, e o Firefox está atrás por não contar com a ferramenta de endurecimento JTT”, diz o estudo, conduzido pela companhia de segurança Accuvant.

O programa da Google, além disso, possui sandbox, “implantado de forma compreensiva e inteligente”, o que o torna o “mais protegido contra ataques externos”, diz a empresa.

A pesquisa foi patrocinada pela própria gigante das buscas, mas as ferramentas utilizadas estão disponíveis para que os próprios internautas façam seus testes.

Embora muitos comparativos valorizem relatórios de vulnerabilidades e listas de sites maliciosos bloqueados, a Accuvant preferiu atentar para técnicas que impedem invasões.

Fonte: Proxxima

Vinho e cerveja protegem contra doenças do coração

Enquanto vinho e cerveja agem de maneira semelhante no organismo, protegendo contra doenças cardiovasculares (desde que consumidos moderadamente), bebidas destiladas não apresentam o mesmo benefício.

Essa é a conclusão de um meta estudo feito por pesquisadores da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, e publicado no periódico European Journal of Epidemiology.

Os pesquisadores cruzaram resultados de diversas pesquisas sobre o assunto. Ao analisarem 16 estudos sobre a relação entre o consumo de vinho e a redução de risco de doenças cardiovasculares, concluíram que a ingestão de 21 gramas de álcool ao dia gera, em média, 31% de redução nas chances de desenvolver o problema. Efeitos semelhantes foram observados em 13 estudos sobre o consumo de cerveja: a ingestão diária de 43 gramas de álcool foi relacionada com 42% de proteção contra eventos cardiovasculares. Entretanto, o estudo não identificou uma associação significativa entre consumo de bebidas destiladas e proteção cardiovascular.

Esses resultados confirmam o que muitos estudos já haviam dito sobre o consumo de bebida alcoólica: a chamada ‘curva em J’. A pesquisa observou que as pessoas que não bebem cerveja e vinho tem poucos benefícios relacionados com as doenças cardiovasculares; quando consumidas moderadamente, essas bebidas são benéficas; mas, se ingeridas exageradamente, são extremamente prejudiciais. Entretanto, esse padrão não foi observado em relação ao consumo de bebidas destiladas. Os pesquisadores imaginam que isso se deve ao fato de esse tipo de bebida estar mais relacionado a consumo excessivo, e não moderado.

Para os realizadores do estudo, entretanto, os resultados não permitem chegar a uma conclusão sobre qual substância é benéfica nas bebidas alcoólicas. Ou seja, não é possível dizer que a proteção contra doenças cardiovasculares se deve aos polifenóis presentes na cerveja e no vinho e nem ao álcool, uma vez que os destilados também apresentam essas substâncias.

Não é para você

Apesar de a bebida alcoólica, com moderação, proporcionar benefícios para a saúde, ela não é indicada para todos. Existem pessoas que não devem ingerir quantidade alguma de álcool, já que os prejuízos são muito maiores do que as vantagens. Sinal vermelho para quem tem os seguintes problemas:

Doença hepática alcoólica: é a inflamação no fígado causada pelo uso crônico do álcool. Principal metabolizador do álcool no organismo, o fígado é lesionado com a ingestão de bebidas alcoólicas.

Cirrose hepática: o álcool destrói as células do fígado e é o responsável por causar cirrose, quadro de destruição avançada do órgão. Pessoas com esse problema já têm o fígado prejudicado e a ingestão só induziria a piora dele.

Triglicérides aumentado: o triglicérides é uma gordura tão prejudicial quanto o colesterol, já que forma placas que entopem as artérias, podendo causar infarto e derrame cerebral. O álcool aumenta essa taxa. Portanto, quem já tiver a condição deve manter-se longe das bebidas alcoólicas.

Pancreatite: a doença é um processo inflamatório do pâncreas, que é o órgão responsável por produzir insulina e também enzimas necessárias para a digestão. O consumo exagerado de álcool é uma das causas dessa doença, e sua ingestão pode provocar muita dor, danificar o processo de digestão e os níveis de insulina, principal problema do diabetes.

Úlcera: é uma ferida no estômago. Portanto, qualquer irritante gástrico, como o álcool, irá piorar o problema e aumentar a dor.

Insuficiência cardíaca: por ser tóxico, o álcool piora a atividade do músculo cardíaco. Quem já sofre desse problema deve evitar bebidas alcoólicas para que a atividade de circulação do sangue não piore.

Arritmia cardíaca: de modo geral, ele afeta o ritmo dos batimentos cardíacos. A bebida alcoólica induz e piora a arritmia.

Redobre a atenção

Há também aqueles que devem ter muito cuidado ao beber, mesmo que pouco.Tudo depende do grau da doença, do tipo de remédio e do organismo de cada um.

Problemas psiquiátricos: o álcool muda o comportamento das pessoas e pode alterar o efeito da medicação. É arriscada, portanto, a ingestão de bebida alcoólica por aqueles que já têm esse tipo de problema.

Gastrite: é uma fase anterior à úlcera e quem sofre desse problema deve tomar cuidado com a quantidade de bebida alcoólica ingerida. Como pode ser curada e controlada, é permitido o consumo álcool moderado, mas sempre com autorização de um médico.

Diabetes: Todos os diabéticos devem ficar atentos ao consumo de álcool. A quantidade permitida dessa ingestão depende do grau do problema, dos remédios e do organismo da pessoa. Recomenda-se, se for beber, optar por fazê-lo antes ou durante as refeições para evitar a hipoglicemia.

Fonte: Tribuna de Petrópolis

Internet: faturamento cresce mais de 40%

Somente no mês de setembro, meio recebeu mais de R$ 141 milhões, diz IAB Brasil

Comparativamente ao mesmo mês de 2010, em setembro último o faturamento do meio internet no País – computando-se tanto mídia display quanto search -, cresceu 40,3%, informa o Estudo Indicadores de Mercado, elaborado pelo IAB Brasil (Interactive Advertising Bureau). Esse é, segundo a entidade, um aumento recorde.

Ainda de acordo com o IAB Brasil, somente no mês de setembro o meio recebeu investimento total de aproximadamente R$ 141 milhões, e apresentou a maior expansão entre os meios analisados, com praticamente o dobro do segundo colocado: a TV Paga, que cresceu 21,99% (estudo completo disponível em http://www.iabbrasil.ning.com ).

“Estamos muito felizes com o desempenho do mercado, isso mostra a evolução consistente da publicidade online”, afirma Ari Meneghini, diretor-executivo do IAB Brasil.

Recentemente, essa entidade apresentou dados que conferem à mídia digital participação de 10% no bolo publicitário nacional. E, na opinião de Meneghini, a destinação a essa mídia de mais de 13% das verbas de comunicação dos principais anunciantes é o incentivo que o meio necessita para conseguir nos próximos anos representatividade ainda maior no bolo publicitário.

Fonte: Proxxima

Dos 6 melhores restaurantes do Brasil, 4 são cariocas e 2, paulistas

A edição 2012 do Guia 4 Rodas, sem dúvida a melhor referência em restaurantes brasileiros, classificou como 3 estrelas (a pontuação máxima) apenas seis restaurantes em todo o país. Segundo o guia, o melhor deles é o paulistano Fasano, especializado em comida italiana. Ainda de São Paulo está o D.O.M. (cozinha contemporânea), do premiadíssimo chef Alex Atala).

Mas é no Rio de Janeiro que se situa a maior parte dos melhores, começando pelo restaurante da Roberta Sudbrack (cozinha contemporânea), eleita pela segunda vez (a primeira foi em 2010) a chef do ano pelo guia e a única mulher no comando de um 3 estrelas. Os outros cariocas são o Antiquarius (comida portuguesa) e os franceses Olympe, que tem à frente o chef Claude Troigros e seu filho Thomas, e o Le Pré Catalan (Hotel Sofitel), comandado por Roland Villard.

Falar nisso, há algum tempo eu não comia um dos meus pratos preferidos do Antiquarius, o arroz de pato, certamente uma das delícias dos restaurantes do Rio. Só que, em vez de comer no restaurante, resolvi encomendar (pedi pelo telefone e fui lá buscar). O detalhe interessante é que, no restaurante, o cliente vai pagar R$ 83 pelo prato individual. Encomendando, o conteúdo vem numa quentinha e, surpresa, pelos mesmos R$ 83 comem até três pessoas. Fica aqui a dica.

Fonte: Viagem & Sabor

Apontador recebe aporte de R$ 10 milhões

Investimento permitirá o crescimento da empresa de busca em ritmo mais acelerado

O Apontador, especializado em busca local no Brasil, anuncia nova rodada de capitalização no total de R$ 10 milhões. O investimento é da LBS Local SA, holding que gerencia as empresas Apontador, MapLink, ApontaOfertas Regrupe e Imobox. O objetivo é atrair o interesse de novos investidores e dar mais agilidade ao crescimento da companhia.

Para adequar a gestão da holding à nova estrutura, uma série de mudanças foi realizada nas equipes. Moacir Kang, fundador e acionista do grupo, assume a gestão da holding e do projeto global. Anderson Thees, até então CEO do grupo, passa a atuar no Conselho de Administração da holding, conduzindo processos de fusões e aquisições. Rafael Siqueira e Marco Camhaji permanecem à frente do Apontador.

Desde o início do ano, o grupo começou a se preparar para começar 2012 pronto para uma nova fase. “O Brasil passa por um momento macro-econômico e financeiro muito especial. A internet, em escala global, é uma das poucas a ter crescimento continuado. Queremos aproveitar o bom momento para crescer”, diz Moacir Kang, gestor da holding.

Para Anderson Thees, Conselheiro de Administração da holding, o próximo ano será um bom momento para aproveitar oportunidades. “Foram necessárias diversas mudanças ao longo desse ano. Alcançamos objetivos importantes e desafiadores em cada uma das nossas empreitadas”, comenta o executivo.

Fonte: Proxxima

O Blues de Hugh Laurie (ou Gregory House)

O ator britânico interpreta clássicos do blues e do jazz no álbum Let Them Talk, onde toca piano, violão e guitarra. Disco tem a participação de Tom Jones

O ator inglês Hugh Laurie, mais conhecido por sua interpretação do sarcástico e brilhante médico Gregory House, na série que leva o sobrenome do personagem, já mostrou seu talento musical em vários episódios do programa, tocando piano ou guitarra. Agora, Laurie deixa mais uma vez o seu forte sotaque britânico para interpretar clássicos do blues e do jazz no disco Let Them Talk (Warner).

O álbum é um apanhado de canções em que Laurie novamente abusa de sua pronúncia norte-americana para dar vida ao seu sonho, acompanhado de bons músicos e ótimos convidados como Tom Jones, Irma Thomas e o pianista Dr. John.

As 15 músicas que fazem parte da edição standard (existe uma versão de luxo lançada lá fora) passeiam por climas e arranjos bem feitos onde o piano e a guitarra de Hugh Laurie mostram uma competência e talento de impressionar.

Faixas como St. James Infirmary (com sua introdução cheia de citações de Summertime), Buddy Bolden’s Blues e Swanee River (com seu piano boogie woogie) dão gosto de ouvir, mas é mesmo quando Laurie entrega os vocais (a parte mais fraca do disco) para seus convidados é que a coisa fica realmente boa. John Henry (com a participação de Irma Thomas) e, principalmente, Baby, Please Make a Change (que além de Irma ainda conta com a ótima performance do veterano Tom Jones) são momentos que valem a compra do CD.


Para uma estreia, Let Them Talk é um bom trabalho. Bem produzido e com um repertório conhecido, o CD vai muito além de uma homenagem ao som de New Orleans e tem tudo para agradar aos fãs do ator e aos que gostam de blues. Tomara que no próximo Hugh desista de cantar e fique apenas como músico, deixando os vocais para quem realmente é do ramo.

House em sete temporadas

Além da experiência musical do protagonista, os fãs da série, que parece ter voltado aos trilhos nesta oitava temporada, após um ano de histórias confusas e personagens meio sem rumo, têm uma outra razão para gastar seus reais neste Natal.

A Universal Pictures lançou uma caixa com todas as sete temporadas anteriores completas. A coleção especial vem em uma maleta onde, além dos DVDs, os fãs ainda encontram uma camiseta da série.

O preço sugerido nem é tão salgado (R$ 549) e é uma ótima oportunidade de conferir a evolução dos personagens, as várias idas e vindas da equipe de House, além dos conflitos pessoais do médico viciado em comprimidos para dor.

Se a atual temporada pode ser considerada um retorno ao espírito original do programa (muito mais baseado nos estranhos casos médicos que na vida pessoal dos personagens), a caixa é perfeita para quem se apaixonou pelo jeitão politicamente incorreto de House e não teve chance de acompanhar o programa desde o início.


Texto originalmente publicado em O Fluminense

Grupo Penguin compra 45% da Companhia das Letras

O presidente da Companhia das Letras, Luiz Schwarcz, anunciou nesta segunda-feira que o grupo inglês Penguin, a maior editora do planeta, parte do grupo editorial Pearson, comprou 45% da Companhia das Letras. Sem falar em valores, Schwarcz informou que uma holding específica será criada para abrigar o negócio. Na nova empresa, que ainda não tem nome, o grupo Penguin terá 45% das ações. O controle – 55% do capital – ficará nas mãos das famílias Schwarcz (37%) e Moreira Salles (18%). Os antigos pequenos sócios que trabalham como executivos – a diretora-editorial Maria Emilia Bender, a diretora de produção, Elisa Borges e o diretor-administrativo Sergio Windholtz – venderam suas participações para Schwarcz e Moreira Salles, mas permanecem como diretores na editora brasileira.

– Com o negócio, temos uma excelente oportunidade para crescer ainda mais no Brasil, o único país dos BRICS onde não tínhamos operações – disse John Makinson, presidente do grupo Penguin e responsável pelas operações internacionais da editora.

– Esta associação com o maior e melhor grupo editorial do mundo não mudará no dia-a-dia da Companhia das Letras em termos de decisões editoriais, mas a parceria nos ajuda em duas áreas que entendemos como estratégicas para o futuro da editora: a área educacional e a conversão para o mundo digital – diz Schwarcz.

Hoje, as vendas de livros digitais representam uma fatia pequena no faturamento da editora, ainda que o formato esteja em pleno crescimento. Segundo Matinas Suzuki, executivo da Companhia, as vendas de “As esganadas”, novo livro de Jô Soares e segundo livro mais vendido pela editora, chegaram a 4% em formato digital, quando a média histórica é algo como 1%. Mas as vendas do atual best-seller da empresa, a biografia de Steve Jobs, alcançam 40% em formato digital.

– Entendemos que a Companhia das Letras alcançou o seu objetivo de ser uma editora brasileira de qualidade em todos os sentidos ao completar seus 25 anos. – diz Fernando Moreira Sallles, sócio da editora. – Mas nós vislumbramos grandes oportunidades de crescimento tanto na área de educação quanto na área digital que ganham um enorme reforço com a entrada da Penguin.

O grupo Penguin USA, o braço da empresa nos EUA, é hoje considerada a maior e mais ativa editora de livros no formato digital do mundo, equanto a Person é o maior conglomerado editoria especializado em livros educacionais do planeta.

As conversas para a compra da Companhia das Letras pela Penguin começaram ano passado por iniciativa do próprio John Makinson, contou Schwarcz. As duas empresas havia formalizado uma associação em setembro de 2009.

Fonte: O Globo

Microsoft quer ser sócia do Yahoo!

Sinceramente, espero que o negócio não se concretize.

Um grupo de investidores liderado pela empresa de privite equity Silver Lake ofereceu-se para comprar uma participação minoritária no Yahoo por cerca de US$ 16,60 a ação. A Silver Lake, trabalhando com a Microsoft, a empresa de capital de risco Andreessen Horowitz e o Canada Pension Plan Investment Board, ofereceu-se para comprar ações preferenciais conversíveis correspondentes a uma participação de 10% a 15% por até US$ 3 bilhões, segundo disse uma das fontes, que pediu para não ser identificada porque a proposta é sigilosa, informou a Bloomberg.

Sob a proposta do Silver Lake, o Yahoo poderá distribuir pelo menos US$ 5 bilhões aos acionistas, na forma de um dividendo especial ou uma recompra de ações, disse uma das fontes à Bloomberg. O Yahoo, que está explorando opções estratégicas depois da demissão da CEO Carl Bartz, pretende fechar o negócio até o fim do ano, disseram as fontes.

Fonte: Proxxima